quinta-feira, janeiro 03, 2008

Hoje



Hoje não te levei o pequeno-almoço à cama...

Hoje não pedi para te despachares...

Hoje não abrimos a porta à Fló que se habituou a correr para junto do portão, mal te via agarrar a mala da escola!

Hoje passei pelo colégio e estava tudo na mesma - só tu não estavas!

Hoje pensei na cadeira vazia que ficou por ocupar na tua sala...

Hoje, COM O TEU CONSENTIMENTO, cometeu-se um erro terrível, leviano e mesquinho: afastou-se uma filha da mãe e dos avós maternos que a criaram!

Hoje ... começou o primeiro dia do resto da minha vida!

26 comentários:

Maria disse...

Hoje, às zero horas, o meu post é para ti:

Há silêncios que são gritos de ti
da dor que teima em ficar em mim
Há silêncios de gaivotas no céu
dos gritos que vêem no mar ao sul
Há silêncios que são nossos e que
num abraço se gritam em lágrimas
Há silêncios que são gritos de ti

Tenta entender a C., Amigona. Sei que há fases assim. Passei pelo mesmo com sobrinhos. Sei que dói. Mas é uma fase. Confia nela, acredita nela...

Beijo.
Hoje, à meia noite...

Maçã com Canela disse...

Mimos para ti...

Um beijo sentido...

Rosa Maria disse...

Hoje fiquei muito triste ao ler o teu post.
Não deve ser possível eu conseguir perceber o que estás a sentir porque nunca passei por uma situação semelhante, só quem passa pode saber.
Tu estás a passar por esta situação...
Solidariedade é tudo que te posso oferecer.
Força amiga!

Um grande beijinho

Agulheta disse...

Amigona. Hoje ao ler fiquei triste,mas amiga deves entender,que a vida faz a gente destas partidas! certamente não serão as mais corretas,quem sabe um dia bem perto tudo volte ao lugar e a tua menina volta!!!! gostaria muito podes crer,a vida é muito dura,para certas pessoas.
Amigona te deixo um abraço de avó,sim amiga avó,mas bem forte e apertado do coração,não quero te ver triste. Beijinho Lisa

Sophiamar disse...

Não sei como te consolar, hoje. Esta cadeira vazia faz-me chorar e sei que o não devo fazer. Sei que devo dar-te a mão, um abraço, chorar contigo e dar-te força. Mas não há só momentos tristes na vida de cada uma de nós. Em breve, creio, juro, virão dias melhores. A saudade amadurece e dói. Depois, terás de ir lá buscá-la. Agora dá tempo ao tempo. É difícil. Tão difícil amiga. Estou como tu. Sinto-te! Tanto, tanto, tanto...
Um abraço apertado com lágrimas...e beijinhossssssssssss

Susete Evaristo disse...

Só posso dizer-te estou aqui. Não consigo dizer mais nada, não posso nem imaginar a tua dor.
Um abraço e muita muita coragem tem confiança.

Sophiamar disse...

Estou aqui. Só contigo.Penso muito em vós, em ti,na dor que , inesperadamente, se instalou na família desde o início de Dezembro.Dou-te a minha mão, as minhas palavras, poucas, porque estou a tentar colocar-me no teu lugar e o nó no peito, a voz embargada, as lágrimas não as deixam sair. Estou contigo, a dor partilhada parece menor, parece apaziguar um pouco a nossa alma, o nosso coração, a nossa mente. Tens de te mostrar calma porque tu és a timoneira. A tua filha precisa de ti. Quem senão a mãe para nos dar colo? E ela agora, voltou ao colo onde está o esteio que a liga à vida.
Vai continuando viagem na direcção que pretendes. Não deixes que o teu rumo se perca.
Mil beijinhosssss, um abraço e muitas lágrimas cheias de amizade. Adoro-te/adoro-vos.

Cristina disse...

um grande abraço, faz dele uma espécie de consolo, se é possível.

estamos aqui.

avelaneiraflorida disse...

Querida Amigona,

Não sei como dizer ...ou o que dizer!
CONFIEMOS NELES!!!

Eu sei que dói, muito,mas...ACREDITEMOS!!!!

As minhas cadeiras encostam-se à tua...
Bjkas, AMIGA!!!! e PARA TODOS VÒS!!!

Hindy disse...

Muita força!

Beijinho hindyado especialmente para ti!

P.S.-Estou de volta.

Oficinas RANHA disse...

Um abraço de solidariedade para com a solidão que agora sentes. Que o novo ano traga experiências imensuravelmente melhores... Um beijinho da Rita

aramis disse...

Minha querida Amiga,
Fiquei sem saber o que dizer...
Estou contigo na tua dor e rezo para que tudo passe depressa e o melhor possivel para ti!
Um grande abraço e muitos beijinhos,

poetaeusou . . . disse...

*
penso em ti,
,
amigona
*

Sophiamar disse...

Estou aqui.Sempre pensando em ti e contigo. Dou-te a minha mão, as minhas palavras, as possíveis, o encorajamento para que não te deixes enredar pela dor e deixar de lutar. Debela-a a todo o custo e arma-te com palavras, com sentimentos, segue o rumo do teu coração. Sempre com cuidado! E muitaaaaa ternura.
Mil beijinhossss
O fim de semana está aí. Ela vem?
Adoro-te/adoro-vos

Carminda Pinho disse...

Amigona,
como disse a Cristina, mais lá em cima: - Estamos aqui!!!

Um abraço grande.

elvira carvalho disse...

Fico triste por si. Calculo que será muito doloroso para si. sempre recordo o que sofri, quando a minha sobrinha que estava comigo todo o dia porque a mãe trabalhava longe, um dia a mãe arranjou casa ao pé do emprego, e clero ela foi com a mãe. Por isso eu digo que são muito dolorosas, estas separações. Mas acredito que da mesma maneira que as saudades, fizeram a princesa pedir para vir mais cedo nas férias, essas saudades vão fazer com que peça para vir de vez para junto de vocês.
Um abraço, ânimo, e fé em Deus.

Casemiro dos Plásticos disse...

agroa fikei triste:S
um abraço, um beijo de consolo neste momento triste...

Mónica Lice disse...

Um beijinho, de força.

Aspásia disse...

OH AMIGONA!!!

FICO MUITO TRISTE COM A TUA/VOSSA DOR! QUE PENA Q O ANO NOVO AFINAL NÃO TROUXE A NETA PARA JUNTO DE VÓS, QUE A CRIASTES!! AMIGA, TENTA NÃO ENTRAR EM DESESPERO., SEI QUE É MTO DIFÍCIL, MAS TENS DE DAR APOIO à TUA FILHOTA, AINDA QUASE UMA MENINA TAMBÉM! SE ELA TE VÊ DESESPERAR VAI ATRÁS DE TI E DE NADA VALERÁ SENÃO PIORAR O QUE JA É PÉSSIMO!

ESTOU EM CRER QUE A NETA VAI RECONSIDERAER E VER AFINAL ONDE MELHOR ESTARÁ... PODE NÃO SER JÁ HOJE OU AMANHÃ, PODE LEVAR DIAS, MESES OU ANOS MAS ELA UM DIA SABERÁ!

UM ABRAÇO APERTADO, AMIGA, E DEIXA-ME LIMPAR-TE AS LÁGRIMAS COM UM BEIJINHO COMOVIDO!

Brancamar disse...

Amiga,
Fico triste por ver que a tua dor persiste,mas tenho a certeza que não será por muito tempo. A Princesa agora vive o entuiasmo da novidade, mas ela voltará, acredita.
Beijinhos

pin gente disse...

já tinha lido o post da maria
senti-o, sem saber para quem era

não era só a tristeza interior da maria
era também a tua tristeza na voz dela

a tua amiga aspásia conduziu-me a ti... não pude deixar de aceitar o seu/teu chamado.
e venho deixar um abraço de carinho e solidariedade.
que o sintas como um dos maiores do mundo (sem depreciar nenhum outro).

luísa

Jose Gonçalves disse...

Amigona

Estou de volta, precisamente numa altura que teria preferido ficar calado e em silêncio e não sei que palavras usar para te consolar.
Lembra-te que apenas fisicamente vocês se separaram e ela estará sempre convosco, disso tenho a certeza.
A vida alterou-se e tem destes cataclismos que nos trituram, mas que temos de saber ultrapassar.
Sei que é mais fácil de dizer para quem está de fora, mas fica com a certeza de que tens por aqui muitos amigos dispostos a ajudar-te.
O que eu puder fazer, dispõe.
Um beijinho
José Gonçalves

Maria disse...

Bom dia Amigona
Num dia cinzento é certo
mas em que, mesmo que
o sol não descubra
eu espero que ele te sorria
no teu coração...
Dá-te um sorriso, querida amiga, e ficarás mais aliviada.....

Beijinhos

marias disse...

Como compreendo a tua dor!...
Deixo-te um beijinho.

Belisa disse...

Deixo um beijinho estrelado e muita força!

Belisa disse...

Deixo um beijinho estrelado e muita força!