sábado, maio 06, 2006

Mãe...




Ó Mãe, deixa-nos MAMAR! Nós somos tão "pequeninos"!!!!!!!!!!!!!

Numa pré-homenagem ao dia de amanhã, saúdo todas as mães (humanas e não só) que dão vida ao provérbio popular:

"Parir é dor... criar é amor"!

Faço-o com muito amor e carinho através destas imagens da minha cadelita que apanhei abandonada o ano passado na estrada da Fonte da Telha e que cria estes matulões desde 1 mês de idade!

9 comentários:

Su disse...

parir é dor..criar é amor

está tudo dito
jocas maradas

Sandrinha Mara disse...

Oi querida!
Concordo contigo em prosa e verso.
Bom fim de semana.
Beijos

Hindy disse...

O amor incondicional de mãe até ultrapassa a raça... :)
Beijinhos

Aleisa disse...

Eu estou encantada é com as fotos... até podem dar vida ao provérbio "Parir é dor, criar é amor" mas dão uma reviravolta ao "dão-se como cão e gato"...

Beijinho e um Dia da Mãe cheio de carinho...

alfazema disse...

Amiga grande
Também tenho uma que o meu filho encontrou abandonada a caminho de Lisboa. Está cá há três anos. É um amor, companheira dedicada e fiel de todos os dias. E como dizes: Criar é Amar.
Beijinhos muitos

greentea disse...

lindos os gatos e a cadela - elas são assim , amorosas, incondicionalmente...
e ainda há quem as abandone!!

alyia disse...

:)

Casemiro dos Plásticos disse...

gandas malukos!

Sandrinha Mara disse...

Oi amigona!
vc está bem?
Bom final de semana e feliz dias das mães.
beijos