quinta-feira, maio 04, 2006

Interrogação


Muito obrigada a TODOS quantos os que comentaram o post anterior...
Claro que sabemos que esta situação não é nada simples... a VIDA de cada um é muito complexa e muitas vezes a história dessa vida determina a postura de cada um... MAS NEM SEMPRE É ASSIM!

Quantos filhos que foram mal tratados pelos pais os acarinham no fim da vida e outros que foram mimados só sabem dar pontapés???!!!!

Deixo-vos com outra história (real):

"Hoje fomos buscar o sr Manuel (nome fictício) a casa da filha para vir para a nossa residência. Saiu ontem do hospital. Os filhos trabalham; o sr Manuel é alcoólico. Só tem feito o que lhe dá na real gana!
Teve um AVC. Estamos a tentar ajudá-lo... mas não temos a certeza se não irá sair porta fora para a taberna mais próxima!!! E nada haverá a fazer a não ser esperar que ele ACEITE a ajuda...

Hoje a filha dizia ( com o olhar embaciado): Sabem o que é olhar para trás e só ter imagens de pancadaria, de violência - muita - contra a mãe (já falecida) de gritos, horrores, medo,sei lá ?... Não há uma imagem boa... não há NADA para trás que valha a pena recordar..."

É, a VIDA é muito complicada... ou somos nós que a complicamos?!

24 comentários:

Hindy disse...

As duas coisas...por vezes só aparecem complicações mas outras somos precisamente nós que as criamos com as nossas atitudes e escolhas... Por vezes aparecem diante de nós vários caminhos e temos de decidir qual deles vamos seguir... ficará sempre a incerteza das consequências dos outros possíveis caminhos...
Outras vezes é a própria vida que nos "empurra" em determinada direcção...
Resumindo: é deveras complicado! :)
Beijinhos

papoilasaltitante disse...

As duas coisas... faço minhas as palaras da Hindy!!
Beijocas

dakidali disse...

A vida às vezes é complicada. Nós ou a aceitamos ou lutamos por uma melhor.
Beijinhos

Cafe com Limao disse...

sempre existem dois caminhos

poca disse...

não sei...
mas acho que há coisas que de facto acontecem e que nos marcam...
é fácil falar a quem está de fora e nunca viveu uma situação dessas...
não é fácil certas situações que acontecem entre pais e filhos...
há traumas que ficam para toda a vida... e como em tudo, há o reverso da medalha.

Daniela Mann disse...

Olá amigona!
Tenho estado a ler os posts anteriores e de facto fazes-me pensar na efemeridade desta vida, tão breve e passageira...
Parabéns pelos posts! Hás vezes precisamos destes "tratamentos de choque" para despertarmos!
Beijinhos,
Dani

Isabel José António disse...

Olá!

Obrigado pela visita.! Aqui estou a retribuir.

A vida, por vezes, é bem complicada. No entanto a vida é justa. Ninguém em cima de si uma carga que não possa suportar.

As dificuldades que vêm tem connosco são aquilo que temos que aprender e não aprendemos ainda. Ainda não lidamos com algo como deverá ser. Até que, uma vez compreendida a essência do problema a pessoa mude o modo de o analisar e responder.

Mas é um tanto complicado para quem assim não entende compreender tudo isto.

Um beijinho e volte sempre que nós também a visitaremos.

José António

Keimadela disse...

Eu acho que a vida é sempre complicada. Praticamente todas as decisões sérias que tomamos são irreversiveis. Isto é oq ue torna a vida tão linda de viver, mas uma decisão errada, como toma o estatuto de irreversivel, bem aí resta-nos lidar com as consequências...bj Numenesse

Aleisa disse...

Há momentos,na vida, muito complicados... mas a maior parte das vezes acho que somos nós que vemos o complicado onde não existe...

Um beijo grande

andre rodrigues disse...

Arrepiante essa história...

Maria Pedro disse...

Um bocado das duas coisas.

chuvamiuda disse...

.....olha Amiga, tu sabes melhor que ninguém do que falas porque vives dia a dia, a dura realidade, e pelo que leio o fazes com empenho e carinho, a vida não é e não está fácil, e depois para complicar ainda mais cada caso é um caso, o que não quer dizer que nós não a compliquemos e às vezes muito.....

Beijinhos e BOM DIA

alfazema disse...

Amiga grande ( amigona)

Felizmente que há excepções que confirmam as regras. Os factores genéticos e a família não explicam tudo.Então e a sociedade? O círculo de amigos onde nos movimentamos, os colegas, e mais...e mais...
Como gosto de aqui vir!
Beijos grandes amiga grande

Rosmaninho disse...

Bom Dia Amiga (ona)

Estive a ler todos os teus posts, instantes da vida...

Este último...A vida... é uma interrogação...
Depende muito do lugar ( geográfico e familiar) onde nascemos, somos o que somos em virtude desse mesmo lugar. Se formos "plantas" bem regadas e podadas a nossa vida, de certeza, será muito mais fácil contudo, existem sempre excepções.
Também nos compete descomplicar o nosso dia a dia, o difícil é conseguir!
Parece-me que o Amor, aos outros e a nós próprios, consegue, a maior parte das vezes, tornar tudo mais fácil. Quem o recebeu...dá, é mais complicado para quem nunca o teve.

Voltarei.
~*Um beijo*~

Salvador disse...

Viver não custa, o que custa é saber viver...

jorgesteves disse...

Mais do mesmo! E mais para dizer que as 'estórias' aumentam a cada instante...
(deixei no post anterior uma pequena anotação ao tema...)
com amizade,
jorgesteves

legivel disse...

Só agora li o post anterior... e mais este. O que poderei acrescentar que já aqui não se tenha dito? Que as relações parentais a maioria das vezes não são fáceis e que (também a maioria das vezes) se degradam por via das condições de vida pouco ou nada dignas.
O diálogo entre pais e filhos é extremamente complexo, nas áreas de maior intimidade ou de posições críticas-diversas perante a sociedade. Procurar o equilíbrio possível é que se pede. Mas não é fácil... também fruto dos conturbados tempos que correm. Mas não foi sempre assim?!

bjs.

inkietux disse...

Obrigada, obrigada

boleia disse...

Nos complicamos muito, mas ela tambem se complica a si mesma... Nunca se deve menosprezar a convivencia com um alcoolico, so quem a teve sabe o que e'. E pode chegar a ser bem mais marcante do que nodoas negras ou cicatrizes. Deixa marcas por dentro, onde ninguem ve e ninguem cura! O melhor de tudo e voltar a conhecer uma pessoa que durante anos nos foi estranha, porque ela se decidiu a renascer. Eu sempre tive essa esperanca e tive esse consolo! Desejo essa sorte a todos...
Mas pronto, era mais para desejar bom fim de semana ;)

Casemiro dos Plásticos disse...

as duas coisa infelizmente...

Dani disse...

Talvez as duas coisas, mas a nossa contribuição para isso, também é muito grande.

Beijinhos

a lice disse...

Pois é amiga, há casos e casos, e nem todos seguem o mesmo rumo ou a mesma forma de solução.

Beijinhos.

Elisheba disse...

è, NÃO SABEMOS LIDAR COM AS COMPLICAÇÕES

Anónimo disse...

Cool blog, interesting information... Keep it UP » »