quinta-feira, abril 17, 2008

Sida



(fui buscar ao sidadania)

Em diversos blogues debate-se a sida através do convite feito pelo nosso amigo Raul.

Melhor do que eu, quer o Raul, quer a Lídia no Silencio Culpado,no Moendo Café ou nos 7 pecados mortais expressam da melhor maneira uma série de pontos de vista sobre o tema e o drama de quem se confronta com esse problema em determinada altura da sua vida.

Convido-vos a ler esses textos...VALE A PENA! Amanhã colocarei um texto pessoal sobreo assunto.

11 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona
Grande Mulher solidária sempre atenta onde é precisa.
Abraço-te com muita força, amiga

Maria disse...

Querida Amigona

Ora aqui está um tema que eu conheço profundamente, e que nem sequer vou conseguir comentar....
... é-me tão doloroso que nem imaginas..
Vou tentar ler os posts da Lídia, mas acho que entro, leio e saio....

Beijinhos
(tinha saudades)

Brancamar disse...

Tenho tido saudades, tenho-te sentido silenciosa mas percebi que é por estares muito ocupada, pois não te tenho visto nem nos amigos, mesmo na Lisa, mas olha eu não ando muito melhor. Vou picando o ponto aqui e ali, onde posso, mas estou em falta com tanta gente. Muito cansaço e algum desânimo, mas já passou, em mim é sempre sol,(neste caso chuva) de pouca dura.
Quanto a este tema já estive hoje a lê-lo na Odele, a mãe de Flávia e já prometi ao Sidadania há uma semana participar neste debate, mas só talvez no fim de semana. Chego tarde de trabalhar e por vezes à noite já estou arrasada. Por isso agora vou tentar dormir para ver se amanhã consigo escrever alguma coisa.Hoje dei um testemunho no comentário da Odele e é também uma forma de debater a questão.
Gostei muito de saber de ti.
Beijinhos

RU2X disse...

Aguardando ansiosamente o texto, já coloquei o seu anúncio no Destaque, dizendo que está no prelo à espera de publicação.
Obrigado pela sua participação
bjs Raul

Sophiamar disse...

Amiga Querida e Muito, muito grande

Este problema � de todos n�s e alienarmo-nos do que devemos conhecer bem at� para ajudar quem de n�s precisa s� poder� comprovar o nosso ego�smo, a nossa falta de solidariedade, a nossa intoler�ncia.
Passarei por esses blogues

Beijinhossss mil

São disse...

Linda, que bom ter-te a meu lado nesta luta!
feliz fim de semana.

Olá!! disse...

Beijoca e bom fim de semana

Espaço do João disse...

Querida amiga .
Já verifiquei ontem mas, ainda não o retirei do blog, propositadamente. Vou ver se esse energúmeo continua a aborrecer-me. Entretanto deixarei até que meu filho venha este fim de semana ou o próximo e ele então tratará do dito cujo. Ele tem um sistema que eu não sei qual , põe esse malfeitor no seu lugar. É só questão de não me descuidar em abri-lo. Agradecido, eu também costumo avisar os outros. Eu não sou pela violência mas, juro que nestes casos se pudesse armadilhava o computador desse malfeitor de modo a que ele explodisse logo que carregasse numa tecla. Beijinos e abraços á familia e bom fim de semana. João

Boris disse...

Amigona, minha amiga,
mulher de grande afeição
irei fazer os meus versos
no post de tua mão.

Mas agora para animar
esta nossa reunião
deixo os versos da Silêncio
amiga do coração.

---------------------------

Silêncio, minha Silêncio
que bem que sabes escrever
que bem que sabes amar
quem está na Terra a sofrer.

Silêncio, minha Silêncio
vou seguir-te até morrer
não só na causa da sida
como em tudo o que souber.

Os portadores desta doença
têm sido mal-amados
por serem incompreendidos
por outros mal informados.

Um homem não tem direito
a julgar um seu irmão,
deve ter-lhe amor do peito
e, neste jeito, o perdão.

Há pessoas valiosas
bafejadas pelo mal
enquanto outras ditosas
são puro traste real.

O valor duma pessoa
não se pede a tão má sorte
o valor duma pessoa
ultrapassa a lei da morte.

Quero com isto dizer não
a todo aquele que despreza
e quero com esta negação
construir outra certeza.

Todo o homem é meu irmão
e não é a sida que impede
que seja da minha condição
e morra de amor à sede.

Espaço do João disse...

Também eu e, não a troco por dinheiro algum. A Nina, aliás não é só minha. Ela é parte integrante da minha casa. Abraço afectuoso e bom fim de semana João.

Filoxera disse...

Estarei atenta.
Um beijo, um abraço carinhoso. Obrigada por te fazeres sentir, ontem.