sexta-feira, abril 25, 2008

Abril

(trouxe da sophiamar)



Portugal Ressuscitado


Depois da fome,

da guerra
da prisão e da tortura
vi abrir-se a minha terra
como um cravo de ternura.


Vi nas ruas da cidade
o coração do meu povo
gaivota da liberdade
voando num Tejo novo.


Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido


Vi nas bocas
vi nos olhos
nos braços
nas mãos acesas
cravos vermelhos aos molhos
rosas livres portuguesas.


Vi as portas da prisão
abertas de par em par
vi passar a procissão
do meu país a cantar.


Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido


Nunca mais nos curvaremos
às armas da repressão
somos a força que temos
a pulsar no coração.


Enquanto nos mantivermos
todos juntos lado a lado
somos a glória de sermos
Portugal ressuscitado.


Agora o povo unido
nunca mais será vencido
nunca mais será vencido.


(Ary dos Santos)


Eu também vi! Eu também estive lá!

Fizemos HISTÓRIA!

VIVA ABRIL!!!

24 comentários:

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona

Viva Abril!
Beijinhos

Isabel-F. disse...

Olá ...

bom dia ...


um belo poema ... gosto muito.

beijinhos


p.s.: estava na lua ... já mudei o post de hoje ...

Sophiamar disse...

Eu tamb�m estive l�. E teria estado esta noite se morasse a� perto. Um dia empolgante em que o medo das metralhadoras, dos tanques, do burburinho foi esquecido porque a �nsia de Liberdade era muito, muito grande.
Viva Abril, Viva a Liberdade! Cuidemos dela, todos os dias.

Mil beijinhos

p.s. Amiga os cravos s�o tirados do google. N�o s�o meus. O poema, vou levar-to porque � mais um dos que adoro. E cantei-o tantas vezes.!

avelaneiraflorida disse...

Querida Amigona,

Em nome da LIBERDADE...SEMPRE!!!
Bjkas!

Rui Caetano disse...

Um bom dia de 25 de Abril!

Pitanga Doce disse...

PARABÉNS A TODOS OS PORTUGUESES!!

Conheces a canção do Chico, Tanto Mar? É linda e está lá na árvore.

beijos e bom feriado

Márcio disse...

É perigoso o estudo revelado hoje pelo presidente da republica...

Brancamar disse...

Bom dia 25 de Abril.
Vou agora sair para ver os festejos na rua, ontem já me deram um cravo e muito me comoveu porque o ano passado estava com a minha filha no Hospital, tão perto da baixa do Porto e quando pude vir à rua corri tudo para lhe levar um e já não os encontrei. Alguém vinha da manifestação com um cravo na mão, junto ao Hospita, perto da Torre dos Clérigos, apeteceu-me pedi-lo, mas a pessoa ia tão ligeira e entusiasmada que não tive coragem de a privar do cravo.
Felizmente este ano posso tê-los aos molhos e a saúde também.
Bem-hajas.
Obrigada.

São disse...

ABRIL, SEMPRE!

Beijinhos, muitos, amiga!

FEITO E REFEITO disse...

Olá amigona,

Vim te trazer um cravo vermelho para aumentar seu ramalhete.

FELIZ 25 DE ABRIL!!!

Um beijo.

FERNANDA & POEMAS disse...

Olá querida Amigona, neste dia especial, deixo-te um cravo vermelho e um beijo!
Fernandinha

Maria disse...

Não me canso nunca de ler este poema, e todos os
outros do Ary... Ele é ainda o Poeta Força de Abril.

Beijinhos, Amigona, e cravos espalhados por aí...

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona
Mais um abraço de 25 de Abril.

Casemiro dos Plásticos disse...

Viva a abril!
belo dia e esse ary dos santos, pelo que sei e procurei saber, é um deus!
beijo e boa semana.

Oficinas RANHA disse...

Em também vi... tinha 6 anos.
Vi a alegria de quem sabia que era livre.
25 de Abril sempre!!!
Beijinhos da Ana Cristina

LopesCa disse...

Espero que tenhas tido um dia lindo em liberdade :)

Pena disse...

Linda Amiga:
Que o lindo e puro sentimento de Abril se mantenha permanente e constante.
Foi lindo o dia 25.
As baionetas das espingardas decoradas com cravos. Só no nosso lindo Portugal.
Um Bem-Haja enorme.
Beijinhos amigos de estima e muito respeito.
Sempre a admirá-la
O amigo

pena

Sophiamar disse...

Vivi um dia em pleno. Com um braçado de cravos que ficou progressivamente mais pequeno até ficar reduzido a um. Depois foram os cantares de Abril, de braços dados, ondulando como trigais alentejanos.

Foi lindo, miga!

Beijinhosssss mil

Lisa's mau feitio disse...

Querida Avó, tenho-me deliciado por estes blogs da nossa família virtual a escutar e a ler relatos, experiências e sentimentos vividos na primeira pessoa nesta data tão celebrada!
Eu tinha 3 anos. Esta revolução, por sua vez, não "atingiu" directamente a minha família... Não eramos ricos. Não eramos pobres. Não eramos basicamente gente que afectasse o sistema, por assim dizer...
No colégio ninguém me ensinou nada. Mais tarde, estudei-o eu. hoje estudo-o também para partilhar esta data com os meus alunos, de forma imparcial. Estudo este feriado como estudo outro qualquer.
Mas deste, tenho a vantagem de poder ler estes relatos e experiências que ajudam a vivenciar alguma coisa!
E cá ando de blog em blog a aprender! E também já tive relatos bonitos no meu blog da tia elvirinha e da Tia Branca e de mais algumas comentadoras jovens como eu!
Pena não conseguir abrir o blog do Avó... Abro-o, aliás, mas os textos aparecem com riscos ao longo da página e nem o video abro...Talvez seja pesado para este computadorzeco que o meu espectacular salário me permitiu comprar :\

Avó, mil beijinhos. Mil saudades.

Sabe que já dei um abraço verdadeiro na Tia Branca? Eu e o menino!:)
Olhe, foi delicioso... Tanta ternura, tanta... É tão bonita ela. Loirinha, de olhos azul céu e mar, como convém! Amei!
Um dia, será o nosso! e com direito às mesmas lágrimas que deitei qdo regressava a casa... Foi muita ternura!

Beijinhos grandes, minha queridaaaaaaaaaa!!

(Ainda estou ressacada ali da festarola da tia elvira, credo... Três taças de champanhe do bom, o que haveria eu de esperar?)

hahahahaha

Lisa

wicky disse...

eu também lá estive no 1º 25 de Abril, no primeiro 1º de Maio!!!

não esqueço nunca !

Agulheta disse...

Amigona.
Que bom recordar Ary e Abril!Sempre toda a vida

Beijinho e BFS Lisa

Melões Melodia disse...

Ja nasci depois, mas dou gracas aos que la estiveram porque nasci num mundo em que posso pensar e dizer e defender tudo aquilo em que acredito.
Um beijo

elvira carvalho disse...

Um bonito poema. Eu não vi, nem estive lá. Estava a milhares de km de distância. Aliás o 25 de Abril só lá chegou no dia 26.
Um abraço

Ludo Rex disse...

Que Abril permaneça Sempre nos nossos corações.
Viva o 25 de Abril! Viva a Liberdade!