quarta-feira, dezembro 26, 2007

Natal


"
-Mas D. M.........., a srª tem o seu sogro numa cadeira de rodas e a sua sogra está doente. Como vão passar hoje a noite de Natal? E amanhã, como é que ela trata dele?

- Não se preocupe que ela inventa sempre qualquer coisa nesta altura (!!!). O meu marido não pode ir aí. Ela amanha-se."


Claro que nos preocupámos...claro que fomos buscar o casal de idosos para passarem o Natal connosco no lar...
Claro que agora ela já não queria ir embora...mas não há vagas...

Como terá sido o Natal desta família? Será que falaram em Amor, Paz, solidariedade?

(Esta é mais uma das muitas histórias verdadeiras que vos vou contando)

Boas Festas....

18 comentários:

Sophiamar disse...

Tal como tu, Amigona, conheço várias pessoas assim. E é tão fácil, de quando em vez, passar pelo lar,da cidade, vila ou aldeia.Fazer uma visitinha, ainda que curta,para ouvir quem quer falar, contar, reviver.De entre aqueles que ainda querem sair, passear um bocadinho com eles num jardim próximo, sentar num banquinho, ver os pombos, as flores, a marina... basta querer.E querer é poder. Vai contando amiga, histórias reais que podem incomodar, comover, mover algumas das gentes que te lêem.

Para ti, minha querida amiga, deixo um abraço muito apertado envolvido em ternura com muitos beijinhos. Dá os que te apetecer a essa princesa linda que ilumina o vosso firmamento.

Meg disse...

Estou completamente de acordo com a Sophiamar.Subscrevo cada palavra.

Por serem tantas as pessoas a quem o Natal agudiza a solidão, em que o abandono é mais presente, e tantas famílias(?) se esquecem e se descartam daqueles que os criaram, como se já não tivessem utilidade...
E lembro-me que em África, as pessoas, quanto mais idosas, mais respeitadas e protegidas pelos seus e pela sociedade.Lar é onde acabam os dias, o seu lar.

Uma lição para os "evoluídos" europeus!

Que tenhas tido um bom Natal, são os meus votos sinceros.

Um abraço

avelaneiraflorida disse...

Querida Amigona,

Infelizmente esta é a maioria da realidade!!!!!
Não é uma história ...é um voltar as costas a quem devia ser apoiado!!!!
ONDE ESTÀ O AMOR????ONDE ESTÂO A NOITE DE NATAL E AS BOAS VONTADES????
POIS...
Por isso o ser humano é tão egoísta!!!!

Que os teus velhinhos nunca sintam essa dor da rejeição!!!! Enquanto estiveres perto deles...SABEMOS que não!!!!!
Força, Querida Amigona!
Para eles, para os TEUS, para ti!!!!!
Bjkas, Amiga!!

Maria disse...

É assim que é Natal, todos os dias.....
Obrigada por seres quem és, Amigona.
Beijinhos

Maçã com Canela disse...

Terriveis estas histórias... e bem verdadeiras!

Bonito esse vosso gesto!!!
Um feliz Natal para todos voces!!!

Aromas natalicios

PaulaNog disse...

FELIZ NATAL MINHA AMIGA QUERIDA****

Carminda Pinho disse...

Passei, li e... deixo-te beijinhos.

Professorinha disse...

Aprendi, com muito custo, que os pais não devem nunca deixar-se de lado. São eles quem nos amam sem condições. Todos os outros impõem isto ou aquilo, não gostam disto ou daquilo, podem deixar-nos ou abandonar-nos...Os pais estarão sempre ali para nós...

Beijinhos

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

Que o Novo Ano Vos traga...
Cor, calor, alegria, magia, energia, felicidade, simpatia, paz, saúde, amizade, amor, sentimentos, emoções, agitações, lágrimas e canções...tostões

Que cada dia de 2008 vos faça ...
Sentir, sorrir, sonhar, imaginar , acreditar e Viver com toda a intensidade que merecem.
Aprendam, sintam, reajam, lutem pelo melhor, acreditem!

Que seja um Ano de...
paz, tolerância, compreensão, conforto, justiça e Amor

Que estes números mágicos... 2008 nos unam cada vez mais e intensifiquem a amizade que nos une e a cumplicidade que nos caracteriza. Sejam felizes e façam feliz alguém... todos os dias e por favor, cheguem ao fim do ano e digam:
Caramba, Valeu a pena!!!!
Desejo-vos o melhor ano de sempre, durante o qual alcancem os vossos melhores e mais secretos sonhos e que realizem e concretizem os melhores objectivos.
Beijinhos

BOM ANO!!!!!!!

Que 2008 seja o melhor ano de sempre
The Best!!!!

marias disse...

No coração dos espíritos solidários reina o amor!
E o teu gesto foi sem dúvida um gesto lindo de amor para com o próximo.
Chegará um dia em que todos pesamos o peso dos nossos actos, só é pena que para alguns seja demasiado tarde...

Um beijinho para ti.

Nelio disse...

Olá passei por cá para lhe dizer boa noite e que meu Natal está a correr muito bem,espero que o seu também esteja e que nestes dias tenha sempre paz alegria e saúde para ajudar a que muitas dessas pessoas tenham umas festas mais felizes....

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona
Vai sempre contando, minha querida. Nunca te cales para que as consciências despertem. Eu farei o mesmo.
Estás contente, amiga?
Abraço-te

Rosa Maria disse...

Infelizmente é uma triste realidade.

Beijinhos

Agulheta disse...

Amigona. Depois de ler,vejo que se passa em todos os lados,como muitas vezes andamos de madrugada com velhinhos nas ambulâncias a bater na porta dos familiares,para os receber,mas ficam logo de olhos em bico,pois vão incomodar,ninguém quer velhos nesta sociedade,só de aparências!!!! mas nada tem no coração,bem hajas pelo gesto de amizade e carinho.Para ti beijinho linda Lisa

Agulheta disse...

Amigona desculpa esqueci! gostei de ver as fotos dos idosos. Beijo Lisa

Sophiamar disse...

Amiga Querida e muito grande

Quando te apetecer ruma até ao sul. Estou cá! Tu sabes! De braços abertos.
Ontem foi dia triste. Uma amiga partiu. Depois de muito sofrer.A história do meu post já a tinha feito, há meses.Não resistimos quando os amigos sofrem assim. Fechou-se a porta. Ontem, fechou-se a vida.
Mil beijinhossssss
Adoro-te! Que a semana te traga dias de muita felicidade.
Bom Ano Novo. Aqui voltarei mais vezes.

elvira carvalho disse...

Sempre me revolta as pessoas que deixam sós os seus idosos. Eu passei a noite de Natal com uma mesa de idosos. A pessoa mais nova da mesa era o meu irmão que tem 58 anos. Porque além dos meus pais, tive uns tios todos com mais de oitenta. Uns, que não têm filhos, outro que tem os filhos na Alemanha, e outros ainda que os filhos não ligam. Enfim. Na familia mais chegada não há jovens. Só meu filho (que estava a trabalhar)e minha sobrinha ( que passou a ceia com a família do marido)
Um abraço

Sara MM disse...

Muito força é o que desejo a todos os que mais precisam... e têm já tanta, sem sabermos como!!

Bjss