segunda-feira, outubro 22, 2007

Hipocrisia



Diz o avô paterno (homem de 66 anos):

- Acho muito mal que a Catarina (a neta) vá, de vez em quando ao lar. São só idosos, não lhe faz nada bem!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Fiquei estarrecida e ainda estou em estado de choque!

20 comentários:

elvira carvalho disse...

Eu penso que as crianças devem lidar de perto com os idosos, aprender a conhecê-los e a amá-los, para os respeitarem quando forem mais velhos.
Um abraço

Aspásia disse...

AMIGONA

TB FICO PARVA COM UMA FRASE DESSAS QUE REVELA A INSENSIBILIDAE E RUDEZA DE SENTIMENTOS DESSE ... QUASE IDOSO... SERÁ Q ELE QUANDO TIVER 80 PENSARÁ O MESMO ???

A PESSOA HUMANA É-O DESDE O NASCIMENTO ATÉ À MORTE, MESMO QUE TENHA MAIS DE 100 ANOS! É ISSO QUE AS CRIANÇAS DEVEM APRENDER DESDE MUIOT NOVAS, QUE IMAGINO QUE É O QUE SUCEDE COM A TUA NETINHA...

TRISTE SOCIEDADE ESTA QUE DESPREZA SEUS IDOSOS QDO OUTRAS, DITAS "SELVAGENS OU PRIMITIVAS", OS ENALTECEM E LHES PEDEM CONSELHO!!!

BEIJINHO GRANDE PARA TI, NETA E TEUS IDOSOS!

Maria disse...

A miim parece-me que o avô paterno não está a funcionar bem da cabeça....
... um dia destes é ele que vai estar no lar, e depois.... como é?

Beijinho

Leticia Gabian disse...

Crianças e idosos são tão semelhantes! Fazem bem, uns aos outros. A convivência é recomendada e até terapêutica.

Mas, mudando de assunto, tem um carinho pra ti lá no S&T. Passa por lá, amiga!
Beijo grande

Carminda Pinho disse...

Amigona,
mal acho! mas vendo por outro prisma, não quereria aquele avô preservar a sua neta de um quadro às vezes tão penoso até para os adultos? Eu sei que quem lá está e, um dia quem sabe, nós próprios, tem necessidade de ver crianças de ver os seus familiares mais próximos, mas custa-me acreditar que um avô tenha tanta insensibilidade.
Beijinhos

Sophiamar disse...

Minha querida, ficaste tu e fiquei eu. Que diria ele se soubesse que turmas inteiras lá vão? E se o nosso " avô João" lesse isto ficava triste! Muito triste! Ele que foi um dia inteirinho ao Parque das Nações, ao Pavilhão do Conhecimento, ao Oceanário com 50 diabretes e adorou.E tem entrada na nossa casa sempre que quer.
Leva, amiga! Já sabes que o meu projecto é esse. Vamos todos adoptar um avô.
Pode haver quem me leia e ache hipocrisia mas como diz o meu/nosso poeta: " os cães...mas a caravana..."

Mil beijos. Ai que já estou atrasada. Adoro-teeeeeeeeeeeeee

missixty disse...

As crianças gostam dos idosos e até se dão muito bem com eles! Os adolescentes é que já não!
Percebi o que ele quis dizer, muitos idosos são doentes, aparentam ás vezes, um aspecto quase assustador! Penso que foi mais nesse sentido que ele falou, com medo que a miúda ficasse traumatizada com algumas situações!
beijinhos ás duas

Carla Silva disse...

Também eu ficava indignada com um comentário desses, pois o que levamos de melhor são os convívios com os mais velhos.
As minhas filhas sempre estiveram e continuam a estar junto dos avós e bisa e adoram.
O ano passado perdi o meu sogro e enquanto ele esteve doente a minha filha mais nova visitava-o todos os Sábados, pois ele sorria com os olhos quando a via entrar.
São tristes esses comentários.
Beijinhos.

Melões Melodia disse...

Amigona - nao sei com que sentido foi feito o comentario. Nao acredito que tenha sido mal intencionado. este avo poderia estar a dizer: um dia que eu la esteja, deixem-me estar e nao se preocupem comigo. Cabe-nos a nos, que vamos visitar os nossos idosos, ir ou nao, apesar de, ao irmos alegramos-lhes o dia, e por isso alegramos o nosso.
Beijos

poetaeusou . . . disse...

*
Foge por um instante
do homem irado,
mas foge sempre do hipócrita
,
in: Confúcio
*

Maria Clarinda disse...

E como eu te entendo Amiga!!!!!
Jinhos mil

Miguel disse...

Não merece comentários ...!

Acho que tens toda a razão para a tua indignação ...!

Bjks da M&M & Cª!

selenis disse...

Nem quero acreditar que ele disse uma barbaridade dessas!

Então não é um conv´vio mais que saudável para ambas as partes a troca de vivências e ecperiência e ideias, de carinho, uma lufada de ar fresco para os idosos, uma base de reflexão e valorização dos idosos para a criança?

Hindy disse...

Inacreditável! E se fosse ele a estar no lar e a precisar de carinho e visitas????

Beijinho hindyado

O Beco disse...

Amigona

Desde miúdo que gosto de estar com "velhos", são enciclopédias vivas!
Embora não goste pessoalmente da palavra lar acho que, cada vez mais, estas instituições devem ter várias valencias tambem com crianças e jovens. O nosso futuro é o espelho do ontem, do hoje e do amanha. Muitas civilizações dadas como atrasadas dão às pessoas mais velhas o estatuto de ancião...
... não seremos nós os atrasados.

Bj

avelaneiraflorida disse...

OK!!!

ENTÂO O SR QUE EXPERIMENTE IR VIVER PARA UM DELES...
E QUE SINTA A SOLIDÂO DE QUEM LÀ ESTÀ...
A FAMILIA QUE SE "ESQUECE" DOS SEU MEMBROS...
DEPOIS...SE AINDA QUISER, PODERÀ FAZER COMENTÀRIOS!!!
Bjks

Jose Gonçalves disse...

Esse avô tem dificuldade em pensar que num dia breve a sua neta terá de o ir ver também assim... e provavelmente terá sido essa a razão que o levou a dizer o que disse...
Lidar com o problema dos idosos não é fácil, ainda para mais porque foi sempre mal abordado ao longo dos anos.
Talvez que a neta um dia destes lhe ensine a ver a vida que ele se recusa a ver...
Quando os meus pais partiram, os meus filhos estiveram sempre a meu lado, e acho que isso lhes fez muito bem. Hoje encaram de outra maneira os temas difíceis da vida e até da morte.
Uma boa noite
José Gonçalves

somentebia disse...

Acredito que a convivência entre idosos e crianças seja muito benéfica, pois o relacionamento se faz na base da inocência, da genuína alegria, na troca de afeto e carinho. Ambos são beneficiados com essa relação de puro amor.

O passeio de sábado deve ter sido mesmo excelente, amiga, e as fotos são de uma ternura ímpar.

Ficam pétalas de lindas flores silvestres, um beijo no teu coração (outro na netinha), e o desejo de uma ensolarada e alegre semana.

A Litttle Fairy disse...

Todos nos temos de saber respeitar os mais velhos mesmo sendo chatos qualquer coisa do género!
Mas todos eles tem um lado bom!


Beijos de Fada!

Sonia disse...

Uma linda foto que transmite afeto e proteção do idoso para com a criança!

Penso que esse diálogo pode revelar o que esse avô de 66 anos têm visto e ouvido a respeito da vida e dos preconceitos em relação à população idosa.

Esse tema idoso me interessa muito, pois estou ligada ao tema afetivamente e intelectualmente.

Um abraço de Sonia, São Paulo, Brasil.