sexta-feira, novembro 28, 2008

Instantes

(olhares.com)


Nas últimas 3 semanas a minha vida tem girado muito em volta do hospital devido ao estado de saúde do meu sogro. Recordo que a primeira vez que aí me desloquei, esteve 2 dias nas urgências e, apesar de estar com anemia, foi-lhe dada alta depois de levar uma unidade de sangue. Passadas 24 horas e porque piorou voltou ao hospital.


Fui chamada pelo médico que me perguntou com um tom agressivo:

__ Porque é que trouxe o senhor ao hospital em vez de o levar ao médico de família?

__ Diga?!!

__ Porque é que ele veio cá se saiu ontem?

JURO que respondi:

__Sabe doutor não tinha nada que fazer e apeteceu-me passear até aqui!!!

Ele olhou-me admirado, talvez tenha pensado dizer alguma coisa mas não sei se a minha cara não estava simpática que apenas disse:

___Já a chamo.

Até hoje! Nunca me disse nada, não informou a família do que se passava, nem sequer que o doente ia ficar internado (!!!???). talvez porque compreendesse que um doente que apresentava (vou ler o relatório):

- Pneumonia
- Infecção respiratória grave
- Insuficiência renal grave
- Doença cerebrovascular

devia mesmo estar no hospital e não ir ao médico de família!!!!!

É nestes momentos que me apetece ter um caminho assim e caminhar...caminhar...

10 comentários:

Maria disse...

Querida Amigona

Eu hoje não me vou irritar e vou dizer o menos possível sobre tudo o que nos atormenta no dia a dia.
O melhor mesmo é respirar muito fundo e caminhar por aqui, podes crer que as árvores até te podem ouvir.
Ao homem que te falou assim eu, se pudesse, retirava a carteira profissional...

Um abraço enorme,
(que nos daremos este fim de semena)

Anónimo disse...

Com vista a dar “voz” aos novos autores, o Portal Lisboa estabeleceu uma iniciativa única, no campo da criação literária portuguesa.

Neste sentido, o Portal Lisboa vai apadrinhar duas colectâneas literárias, uma de Poesia e outra de Contos Literários, a serem editadas pela Chiado Editora.

Gostava de ver os seus textos publicados por uma editora de prestígio? Tem aqui a sua oportunidade!

Descubra mais no site: www.portallisboa.net

São disse...

Amigona, posso acompanhar-te?
As melhoras de teu sogro e um beijo para ti.

Sophiamar disse...

Lamentável, amiga! Estamos doentes na saúde, na educação, na justiça...
Se isto tem conserto eu não estou a vê-lo tão cedo. Estamos tão longe dos ideais de Abril!
Não baixemos os braços, não percamos os sonhos, não os deixemos morrer.

As melhoras do teu sogro.

Beijinhos mil

Sophiamar disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Agulheta disse...

Amigona.Lamentável esta situação,mas acontece muito, eu sei como muitos procedem,trantam as pessoas como (animais)por vezes apeteçe manda-los a baixo de "braga"calma amiga, e melhoras para o teu sogro.
Beijinho bfs

Odele Souza disse...

Querida amigona, amigona querida.

A frieza de muitos médicos é algo inaceitável. Parecem que estão a nos fazer o favor de nos atender. A medicina precisa urgentemente ser humanizada.

Um forte abraço pra ti. Eu também estava com saudades.

Susete Evaristo disse...

Pois é, é o que se pode esperar com as nova moda das politicas de saúde que tem vindo a ser implementadas, pelos vistos exercer medicina já não é um "sacerdócio" e a profissão que só se podia exercer após o juramento de Hipócrates, transformou-se isso sim, numa forma de ganhar dinheiro e descartar-se dos mais fragilizados.
Um abraço amiga

Miguel disse...

È triste mas é a realidade ...!

Caminhar no bom sentido, será uma boa opção ...!

As melhoras ...!

Bjks da M&M & Cª!

tulipa disse...

MINHA QUERIDA AMIGONA

sabes o que te digo?
COITADO DE QUEM SOFRE E PRECISA...

Muito obrigado pela presença nos meus blogues e pelas simpáticas palavras lá deixadas com muito carinho.

Não tenho o teu e-mail pois tenho estado a pedir a todos os meus contactos que dêem um saltinho ao blog da minha sobrinha, que está internada no hospital de Santa Marta, à espera de um transplante de coração, com 26 anos.
Tem sido um sofrimento acompanhar a sua doença e mal-estar associado há mais de 1 ano...
Mas caso lá vás não refiras que fui eu que te pedi, se quiseres lê os seus ultimos posts e deixa umas palavras de força e ânimo, além de carinho que ela precisa.

Bom fim de semana e beijos perfumados.

Blog da sobrinha:
http://pikenatonta.blogspot.com/