quarta-feira, novembro 05, 2008

Instantes



Pois é!!! Hoje foi a nossa amiga Elvira (que se encontra a recuperar duma cirurgia e a quem mando daqui um enorme abraço e o desejo de que tudo passe depressa), pois foi ela que me lembrou duma história que vos quero contar.
A Elvira além da sua simpatia, brinda-nos (entre outras coisas - visitem-na, vale a pena) com alguns romances que nos prendem aqui a este cantinho a desejar que os dias passem depressa porque ela não conta tudo de uma vez - vai contando!!!
Agora tem sido a história de Paulo, um jovem que fica a saber num gabinete médico que tem pouco tempo de vida...temos andado à espera, a imaginar, a imaginar e hoje - lá está um caminho inesperado!!!
E é por isso que vos quero contar:
" Há já alguns anos atrás, (para aí uns 20), andava eu a ser seguida no Hospital Egas Moniz e estava no consultório quando a médica me olha com um ar preocupado e com um voz amistosa me pergunta:
- Sente-se bem?
- Sim, dentro do possível.
- Mas não se tem sentido cansada e outros sintomas fora do normal?
-Não, mas porquê?
Para encurtar a conversa digo-vos que senti que havia qualquer coisa que estava a afligir a médica e que ela estava na dúvida. Questionei-a e pedi-lhe para me dizer fosse o que fosse ( aí fiz-me de forte como se estivesse a falar de pastéis de Belém!!!). Depois de alguma conversa (na altura lembro-me bem que não foi fácil) A médica disse então com uma voz "séria".
- Mas você é tão jovem, com filhos pequenos, como posso dizer-lhe que tem pouco tempo de vida?!!
Nem me lembro já como foi na altura e o que senti! Acho que o mundo deve ter desabado.
Sei que depois me disse que estava com leucemia bastante adiantada. Conversamos bastante e recordo a sua preocupação para comigo.
A dada altura diz-me:
- Pois é D. Teresa, eu vou...
Interrompi-a.
- Mas eu não me chamo Teresa - acho que gritei!
Pois as análises estavam trocadas - e assim a minha "história" teve um final feliz para mim (só para mim)!
Ao ler o conto da Elvira lembrei-me da minha experiência que aqui partilho convosco.
Desde então SEMPRE que se verificam os valores das minhas análises ou dos meus familiares e amigos, a primeira coisa que pergunto ao médico ou verifico é o nome que lá está escrito!!!
Aqui fica o conselho!

39 comentários:

São disse...

Fico feliz por não seres tu, linda!
Se aceitares, tens flores para ti lá em casa.
Um abraço.

Casemiro dos Plásticos disse...

É das piores coisas que se podem ouvir:/
Não fostes tu mas infelizmente é alguem, é triste por vezes esta coisa chamda vida.
beijo

Alma Minha disse...

Gostei de ler-te...
Beijo

Filoxera disse...

Ok!
Beijinhos.

Maria disse...

Olha só o susto que te pregaram, Amigona... e imagino o alívio que sentiste depois...
Uma troca de análise pode acontecer, é verdade. Mas nós nunca estamos preparados para uma situação dessas, e pelo sim pelo não é mesmo melhor verificar os nomes todos...

Beijinhos

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona

Viva a nossa querida Elvira. Que as melhoras a acompanhem.
Quanto a médicos... é sempre bom verificar. Não me fio muito, não. E tenho também as minhas histórias. Há que não esquecer que em Portugal morrem anualmente 7.000 pessoas por medicação errada.

Beijos

pikenatonta disse...

Que bom!!! Esses enganos são perigosos, caramba...

Beijinhos!!!!

Sophiamar disse...

Não ganhaste para o susto, amiga! Como é possível fazer-se uma afirmação dessas sem verificar bem a identidade da doente?
Há com cada uma!
A Elvira é uma grande amiga. Um ser humano de excepção. Que vá melhorando bem é o que lhe desejo.

Beijinhos

Bem-hajas pela solidariedade.

Vieira Calado disse...

Que grandes sustos se apanham, às vezes... sem que seja nada connosco!

A Elvira está a recuperar, espero.



Bjs

Peter Pan disse...

Oh, Doce Amiga.
Que susto me pregou. Ainda bem que as análises estavam trocadas. Não se podia perder, ao acaso, a sua preciosidade, encanto e ternura de maravilhosa pessoa de bem. Constante e imprescindível, a sua presença junto de nós.
Lidar com a morte de perto é um acto difícil de conceber.
A amiga Elvira é uma pessoa de carácter, de coragem incrível e beleza indescritível e imensa, tal como VOCÊ, deslumbrante amiga.
Ainda bem. Fica o exemplo. Verificarei sempre o nome de tudo o que se realacione comigo.
Uma lição imperdível de meus entendidos.
Ainda bem, "entender" a morte de perto, "senti-la", é assustador.
Beijinhos de amizade para as duas.
Com respeito, alívio e estima.
É enternecedora.
Ao dispõr

p.pan

Peter Pan disse...

DESCULPE:
Onde se lê "meus entendidos" deverá ler-se "maus entendidos".
OBRIGADO.
Beijinhos

p.pan

poetaeusou . . . disse...

*
o teu caso
não é unico, não,
,
conchinhas, deixo,
,
*

Oficinas RANHA disse...

As melhoras para a Elvira, e beijinhos para ti (essa situação já se passou há muito ou foi recentemente?)
Ana Cristina

Susete Evaristo disse...

Ói amiga também tenho uma estória esquisita embora não me tivssem dito que tinha pouco tempo devida disseram-me (tinha eu 17 anos) que toda a vida teria de tomar um medicamento se quizesse viver. Nem tomei o primeiro frasco e decidi que iria viver à minha vontade e é isso que tenho feito. Médicos comigo NÃO! Tenho 60 anos nunca estive doente (a não ser as gripes da invernia) o médico que diagnosticou ainda estou para saber o quê já esticou o pernil e eu ainda por cá ando.
Resumindo: como sei que inevitavelmente um dia irei viajar (com bilhete pré-adquirido) para o outro lado, prefiro viver 10 anos à minha vontade que 20 à vontade dos outros. E mina amiga às vezes não se morre da doença mas da cura que os médicos são faliveis.

elvira carvalho disse...

É amiga, há quarenta anos atrás eu também tive uma troca de análises.
Mas as minhas tinham o meu nome, e não eram minhas, o que me deu um grande desgosto, quando o médico, mandou confirmar o resultado.
Acontece que eu andava a lutar contra a infertilidade, e a análise dava que eu estava grávida. Ficámos muito felizes, e calcule o desgosto quando o médico disse depois de me observar, que não era possível, e me mandou repetir as análises. E as segundas sim confirmaram que não havia gravidez nenhuma.
Um abraço e bom fim de semana

Tony Madureira disse...

Olá,

Tambem gosto muito do que a Elvira escreve.

A troca das análises, já verifiquei é bastante "usual". Deveria haver mais cuidado com essas situaçoes.

Paasei por aqui e gostei.
voltarei!

Bjs

Rosa Maria disse...

*
Esse é um susto que não se deseja nem ao pior inimigo!

Ainda bem. para ti, que era um erro.
Coitada da Dª Teresa...

Beijos

Espaço do João disse...

Felizmente não passou dum susto.De qualquer forma não foi nada agradável.Espero que a sua amiga esteja a recuperar. um abraço João

ARTEMINORCA disse...

Tenho a impressão que a ministra da educação também anda a trocar relatórios e imagens de manifestações... Depois da megamanifestação de 8 de Novembro continua a achar que as escolas estão a implementar o processo de avaliação com normalidade!!!
Querida amiga, desculpa a comparação, deixo aqui os votos para que as trocas de que falas deixem de acontecer, é inacreditável.
Beijinho, Lu

tulipa disse...

Que o silêncio me embale,
nesta noite
em que falta
o abraço quente de um amigo...


Estou de molho, febre, dores no corpo, arrepios de frio...
huuummmm, adivinho o que vem por aí.

Hoje o meu post tem a ver com um mail que recebi e, ao fim de vários meses com a minha auto-estima abaixo de zero...adorei ler o que Paulo Coelho escreve.

BOA SEMANA.
Beijinhos.

Também te ofereço uma FLOR.

António Inglês disse...

Ola amigona

Essa faz-me lembrar aquela de um amigo que recebeu o resultado de umas análises e verificou que... estava grávido!
Ainda bem que os resultados não eram seus.
Uma abraço
António

Victor disse...

Querida Amigona

Acabou de receber o prémio Dardos.

Agora é só cumprir as regras. Quem recebe o “Prémio Dardos” e o aceita deve:

1. - Exibir a distinta imagem;

2. - Linkar o blog pelo qual recebeu o prémio;

3. - Escolher quinze (15) outros blogs a que entregar o Prémio Dardos.

Bjinhos

Betty Branco Martins disse...

.querida__________Amigona



____graças a deus estás bem:)




são de facto episódios bastante infelizes_____em todos os aspectos



beijO____C____carinhO

SILÊNCIO CULPADO disse...

Amigona

Venho deixar-te um abraço. Espero que esteja tudo bem contigo.

São disse...

Bom fim de semana para ti e para os teus.

Susete Evaristo disse...

miga embora te saiba mais do que atarefada fico preocupada quando passo por aqui e verifico que estás 10 dias como agora sem dizeres nada.
Espero que estejas bem
Beijinhos

elvira carvalho disse...

Pc avariado outra vez? Espero que esteja tudo bem com a saúde. Um abraço e bom Domingo

Bichodeconta disse...

Infelizmente havia alguém para quem a vida estava a terminar..Ou a começar?Nunca sei..felimente a amiga estava bem..Boa semana, um abraço, ell

Alma Minha disse...

Então como vão as coisas por aqui?
Beijo

Grace Olsson disse...

amigojna, felicidades desejo à Elvira.e que vc e a neta estejam bem.beijos e dias felizes, querida

Brancamar disse...

Parece-me que começa a ser conveniente pelo menos em casos mais agudos repetir as análises, com tantas situações que aqui se contam!
Passo para te deixar beijinhos, Amigona.
Até breve.
Branca

Um Momento disse...

Sim a Elvira é Alguém fantástico assim como tu...
Quanto ao texto... é a vida... infelizmente ...

Um abraço Enorme!!!

(*)

Um Momento disse...

( e acho que fazes muito bem em verificar sempre o nome que lá está... pior será quando ao invés do nome trocam o resto... esperemos que isso jamais aconteça...)

samuel disse...

Livra!...

Abreijo

Ovinho Estrelado disse...

Credo... Quem era a senhora?
Raios... :\

Tadixa da minha avozinha mailinda...

:))))
Beijinho grandeeeeeeeeeeeee:)))

BAd disse...

A nossa saúde continua assim... É triste saber que há sempre alguém na hora de partir... Mas felizmente há sempre alguns a chegar.
Felizmente ainda não tinha chegado a tua hora. Esperemos que tarde. Ainda bem que não sabemos quando é a nossa hora. viva o "hoje". Vamos viver o presente.
Beijinhos

BAd disse...

A nossa saúde continua assim... É triste saber que há sempre alguém na hora de partir... Mas felizmente há sempre alguns a chegar.
Felizmente ainda não tinha chegado a tua hora. Esperemos que tarde. Ainda bem que não sabemos quando é a nossa hora. viva o "hoje". Vamos viver o presente.
Beijinhos

São disse...

Bom fim de semana, linda!

Maria disse...

Minha Querida!!!

Estou a ficar ansiosa...
Espero que esteja tudo bem contigo e com a Catarina.
Mandei mail, vê se recebeste.

Bom domingo

Beijos e abraços, Amigona