terça-feira, setembro 22, 2009

Outono




HOJE, às 22h19, o equinócio de Setembro, anuncia que terminou o Verão e que o Outono vai arrancar.



A importância deste fenómeno, que acontece duas vezes por ano, já não é o que era, mas mesmo assim continua a desempenhar o seu papel na agricultura mais tradicional.



Ao longo dos séculos era entendido como o início do tempo frio e o fim da época das grandes colheitas. "Foi fundamental para as várias civilizações que foram aparecendo ao longo da história da Humanidade. Mas era importante para os povos localizados no Hemisfério Norte, pois é a parte da Terra com maior massa continental", ( Rui Agostinho, director do Observatório Astronómico de Lisboa, explicando que o fenómeno acontece quando a linha equatorial do Sol se alinha com a terrestre, dando ao dia e à noite a mesma duração).



Mas, se no Hemisfério Norte se dá as boas-vindas ao Outono, abaixo da linha do Equador o cenário é precisamente o inverso: arranca a Primavera. É em Março que se dá o equinócio da Primavera no Hemisfério Norte, entendido em várias culturas como uma dádiva divina, pois era sinal de riqueza e fartura.



A precessão dos equinócios é um dos cinco movimentos do planeta Terra. Além deste, existe a Rotação – em torno de si mesma –; Translação – à volta do Sol –; Nutação – oscilação do eixo –; e Revolução – movimento ao redor da Via Láctea.


Equinócio de Outono

Data: 22 – Setembro
Hora: 22h19


Dia e Noite têm a mesma duração: 12h


Assinala: Inicio do Outono no Hemisfério Norte
Início da Primavera no Hemisfério Sul

Duração do Outono: 89.79 dias

Termina: 21 Dezembro às 17h47

Origem: aequus (igual) nox (noite)

(Correio da Manhã)

4 comentários:

NoGuerra disse...

Realmente é mais uma etapa... nem que seja na alma humana!

Bjs grandes grandes***

elvira carvalho disse...

Não gosto do Outono. Mexe muito comigo, fisicamente. É a época do ano em que sempre tenho mais problemas de saúde.
Um abraço

Oficinas RANHA disse...

Adorei este post, Amigona!!! Vale sempre a pena aprender...
Beijinhos da Rita

licas disse...

E venha ele que nós cá estamos cheios de energia e força para o viver.

Um abração
Licas