terça-feira, setembro 11, 2007

Salvador Allende



(tirei da minha amiga sophiamar.blogspot.com/)


...

Foram não sei quantos mil
operários trabalhadores
mulheres ardinas pedreiros
jovens poetas cantores
camponeses e mineiros
foram não sei quantos mil
que nasceram para o Chile
morrendo de corpo inteiro.



José Carlos Ary dos Santos


Que a memória dos homens não esqueçam NUNCA os grandes HOMENS!

6 comentários:

amigona avó e a neta princesa disse...

Mais uma vez não saiu correcto!

"Que a memória dos homens não esqueça nunca os grandes HOMENS!"


Agora sim, está bem!

Sophiamar disse...

Minha Querida Amiga Grande!

11 de Setembro é um dia muito especial. Nas torres gémeas ficou um familiar meu.Para sempre!Jamais será esquecido!
Nunca esqueçamos aqueles que lutam pela dignidade do ser humano. Juntemos a nossa voz à deles e peçamos Paz, Pão, Liberdade para todos.
Salvador Allende tombou por um sonho.O de tornar o Chile mais justo, mais igualitário, mais fraterno, mais solidário, mais tolerante.
Só deixou La Moneda como ele o disse. Na horizontal!
E assim lutou por um ideal que deve ser o de todos nós.
Obrigada , Amiga, por te dares em cada dia a quem de ti precisa.Totalmente.

Beijinhos mil



p.s. Por favor, não refiras o meu blogue. Estas imagens são retiradas da net.

Carminda Pinho disse...

Passei para cumprimentar e deixo beijinhos.

Ludovicus Rex disse...

A Memória não esquece!

samuel disse...

Cara amigona avó, e porque não, a neta princesa
Vou publicar no meu blog um post com a (possível) actualização dos blogs que fizeram referência a Allende e o 11 de Setembro.
Abraço.

Maria disse...

É bom voltar da Ilha, vir à net e ver que Amigos Meus também assinalaram também o 11 de Setembro de 1973.
Não foi por acaso que adiei a viagem, para poder publicar quase o mesmo que tu, aqui....

Beijos, Amigona